ENEM 2015

A calda bordalesa é uma alternativa empregada no combate a doenças que afetam folhas de plantas. Sua produção consiste na mistura de uma solução aquosa de sulfato de cobre(II), CuSO4, com óxido de cálcio, CaO, e sua aplicação só deve ser realizada se estiver levemente básica. A avaliação rudimentar da basicidade dessa solução é realizada pela adição de três gotas sobre uma faca de ferro limpa. Após três minutos, caso surja uma mancha avermelhada no local da aplicação, afirma-se que a calda bordalesa ainda não está com a basicidade necessária. O quadro na imagem apresenta os valores de potenciais padrão de redução (E0) para algumas semirreações de redução.

 

A equação química que representa a reação de formação da mancha avermelhada é:

A)

Ca2+(aq) + 2 Cu+(aq) → Ca (s) + 2 Cu2+(aq).

B)

Ca2+(aq) + 2 Fe2+(aq) → Ca (s) + 2 Fe3+(aq).

C)

Cu2+(aq) + 2 Fe2+(aq) → Cu (s) + 2 Fe3+(aq).

D)

3 Ca2+(aq) + 2 Fe (s) → 3 Ca (s) + 2 Fe3+(aq).

E)

3 Cu2+(aq) + 2 Fe (s) → 3 Cu (s) + 2 Fe3+(aq).

Descubra sua nota no Enem! Faça agora um simulado gratuito mega rápido.
FAZER SIMULADO arrow_forward
AIO
A AIO utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de usuário
Saber mais
Aceitar