ENEM 2009

O autor da Constituição de 1937, Francisco Campos, afirma no seu livro, O Estado Nacional, que o eleitor seria apático; a democracia de partidos conduziria à desordem; a independência do Poder Judiciário acabaria em injustiça e ineficiência; e que apenas o Poder Executivo, centralizado em Getúlio Vargas, seria capaz de dar racionalidade imparcial ao Estado, pois Vargas teria providencial intuição do bem e da verdade, além de ser um gênio político.

CAMPOS, F. O Estado nacional. Rio de Janeiro: José Olympio, 1940 (adaptado).

 

 

Segundo as ideias de Francisco Campos,

A)

os eleitores, os políticos e os juízes seriam mal-intencionados.

B)

o governo Vargas seria um mal necessário, mas transitório.

C)

Vargas seria o homem adequado para implantar a democracia de partidos.

D)

a Constituição de 1937 seria a preparação para uma futura democracia liberal.

E)

Vargas seria o homem capaz de exercer o poder de modo inteligente e correto.

Descubra sua nota no Enem! Faça agora um simulado gratuito mega rápido.
FAZER SIMULADO arrow_forward
AIO
A AIO utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de usuário
Saber mais
Aceitar