FIP-Moc Medicina 2020/1

Psicologia de um vencido


Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigênese da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.


Profundissimamente hipocondríaco,
Este ambiente me causa repugnância...
Sobe-se à boca uma ânsia análoga à ânsia
Que se escapa da boca de um cardíaco.


Já o verme – este operário das ruínas –
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e à vida em geral declara guerra,


Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E há de deixar-me apenas os cabelos,
Na frialdade inorgânica da terra!

ANJOS, Augusto. Eu e Outras Poesias. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1998.

 

A propósito do texto, seguem as afirmativas:

 

I. O emprego de termos científicos representa uma característica desse autor, representante do Realismo.
II. A angústia diante da vida está presente em todo o poema, destacando-se no título e no verso “Sofro, desde a epigênese da infância.”
III. A imagem da decomposição da carne nas duas últimas estrofes revela a influência naturalista no texto.
IV. O poema apresenta uma característica literária que antecipa o modernismo: a desvinculação da palavra poética de seu compromisso com o belo.


Está correto o que se afirma apenas em:

A)

I, II e III.

B)

II, III e IV.

C)

III e IV.

D)

I, III e IV.

E)

I e III.

Descubra sua nota no Enem! Faça agora um simulado gratuito mega rápido.
FAZER SIMULADO arrow_forward
A AIO utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de usuário
Saber mais
Aceitar