FIP-Moc Medicina 2016/2

Fugindo à luta de classes, a nossa organização sindical tem sido um instrumento de harmonia e de cooperação entre o capital e o trabalho. Não se limitou a um sindicalismo puramente “operário”, que conduziria certamente à luta contra o “patrão”, como aconteceu com outros povos.

Fonte: FALCÃO, W. Cartas Sindicais. In: Boletim do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. Rio de Janeiro, 10(86), set. 1941. (adaptado)

 

De acordo com o texto, o movimento sindical no Estado Novo:

A)

apoiava-se nos preceitos ideológicos marxistas, na tentativa de construção de uma sociedade socialista. 

B)

baseava-se em um modelo cooperativista, marcado pela busca de um consenso entre patrões e operários. 

C)

propunha-se a instalar uma sociedade capitalista, em que o direito à liberdade fosse mantido. 

D)

ocupava-se de apoiar a luta operária, em um momento marcado pelo confronto de ideologias diferentes. 

E)

norteava-se pela necessidade de resolver questões ligadas ao capital e trabalho, sem a presença do Estado.

Descubra sua nota no Enem! Faça agora um simulado gratuito mega rápido.
FAZER SIMULADO arrow_forward
A AIO utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de usuário
Saber mais
Aceitar