ENEM 2018

A história do futebol é uma triste viagem do prazer ao dever. […] O jogo se transformou em espetáculo, com poucos protagonistas e muitos espectadores, futebol para olhar, e o espetáculo se transformou num dos negócios mais lucrativos do mundo, que não é organizado para ser jogado, mas para impedir que se jogue. A tecnocracia do esporte profissional foi impondo um futebol de pura velocidade e muita força, que renuncia ã alegria, atrofia a fantasia e proíbe a ousadia. Por sorte ainda aparece nos campos, […] algum atrevido que sai do roteiro e comete o disparate de driblar o time adversário inteirinho, além do juiz e do público das arquibancadas, pelo puro prazer do corpo que se lança na proibida aventura da liberdade.

GALEANO, E. Futebol ao sol e à sombra. Porto Alegre: L&PM Pockets, 1995 (adaptado).

O texto indica que as mudanças nas práticas corporais, especificamente no futebol,

A)
fomentaram uma tecnocracia, promovendo uma vivência mais lúdica e irreverente.
B)
promoveram o surgimento de atletas mais habilidosos, para que fossem inovadores.
C)
incentivaram a associação dessa manifestação à fruição, favorecendo o improviso.
D)
tornaram a modalidade em um produto a ser consumido, negando sua dimensão criativa.
E)
contribuíram para esse esporte ter mais jogadores, bem como acompanhado de torcedores.
Descubra sua nota no Enem! Faça agora um simulado gratuito mega rápido.
FAZER SIMULADO arrow_forward
AIO
A AIO utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de usuário
Saber mais
Aceitar